Quem sou eu

Minha foto
Aparecida de Goiânia, Goiás, Brazil
Escritor, poeta, membro da ACADEMIA APARECIDENSE DE LETRAS e UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES EM GOIÁS.

sábado, 13 de maio de 2017

AMORE MIO PRECISO DE TI




Preciso do verbo desejar
Sem a urgência
Das necessidades formais.


Preciso de ti sem a agonia
Do compromisso agendado
Com horário marcado
Na saga diária dos afazeres.

Na lida dos dias
Sempre conte comigo
Mas eu preciso de ti
É para os prazeres.

Se a porta emperrar
Se a tampa do vidro com azeitonas não abrir
Se a resistência do chuveiro queimar
Se a torneira da pia quebrar
Meu nome é pronto
Estarei sempre perto
Para te ajudar.
Contudo, sei que nada disso te prenderia a mim.

Por isso preciso de ti para os prazeres  
E altas aventuras.

Preciso de ti para abrir cortinas no horizonte
Ficar de mãos dadas olhando o mar
Ou, no final do dia, após o trabalho,
Sentar juntos na varanda, olhar a lua,
E fazer planos para o pomar.


Preciso de ti para manter a calma na tempestade
Vencer as intempéries da idade
E nunca desaprender a sorrir.

Na fábula dos meus desejos
Sou ave de arribação
Preciso de ti para viver o verão
Qualquer que seja a estação.

Mas se a ti apetecer ficar
Pra sempre no nosso jardim
E quiseres brincar de ser flor
Basta a mim ser beija flor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário