Quem sou eu

Minha foto
Aparecida de Goiânia, Goiás, Brazil
Escritor, poeta, membro da ACADEMIA APARECIDENSE DE LETRAS e UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES EM GOIÁS.

sábado, 12 de março de 2016

POEMAGIA




Parei de fumar antes de experimentar


O primeiro cigarro.

Esta foi uma decisão que me deu a

Paz de não sofrer a agonia de não conseguir.



Na vida, esta regra vale para

Quase tudo.

Mas não vale, por exemplo, para o amor.



Quando decidimos não experimentar o amor,

Já estamos amando.

Simples assim.



O amor é como aquele ninho

De beija-flor esquecido numa galha

De uma árvore do quintal, que descobrimos,

Por acaso, numa manhã de sábado de sol,

Quando olhamos, despreocupadamente,

 Pela janela do quarto.



A partir da descoberta,

Aquela árvore nunca mais será a mesma.

Voltaremos à janela todos os dias,
A cada manhã,

 sem saber, 

Que já estamos dependentes do amor
Da magia,

E da poesia.

   
Sábado, 12/03/2016




Nenhum comentário:

Postar um comentário