Quem sou eu

Minha foto
Aparecida de Goiânia, Goiás, Brazil
Escritor, poeta, membro da ACADEMIA APARECIDENSE DE LETRAS e UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES EM GOIÁS.

sábado, 31 de dezembro de 2016

BODAS DE OLIVEIRA




Põe-me como selo sobre o teu coração,
como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte/
As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo
Cânticos de Salomão 8:6,7

Ao contabilizar mais um ano ao seu lado
Renovo meus propósitos
De ser e fazer feliz.
Não me iludo sobre facilidades
De um Nirvana “self service
Tampouco tenho pretensões
De alcançar o Sangrilá recitando
Máximas de autoajuda.
Minhas cãs testemunham
A meu favor.
O tempo me ensinou
Que, na vida a dois,  pântanos e desertos
Não são figuras de linguagem
Quando o assunto é vida real.


No desenrolar do veloz novelo dos dias
Aprendi que sozinho
Eu não colecionaria tantos 31 de dezembros
Com a mesma alegria.
Fazer flashback de nossas vidas
Não me dói
Porque os erros nos serviram como degraus
E nos ensinaram que de mãos dadas é mais fácil levantar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário