Quem sou eu

Minha foto
Aparecida de Goiânia, Goiás, Brazil
Escritor, poeta, membro da ACADEMIA APARECIDENSE DE LETRAS e UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES EM GOIÁS.

terça-feira, 7 de março de 2017

SER FEMININO



Nobre missão cumpre quem empenha
Respeito e emoção ao referir-se às mulheres.
Dia a dia, noite e dia, ano a ano,
Oito de março ou não.
Mulher é sempre mulher.
Entretanto é bom saber que no reino lingerie
Ninguém decifra enigma de esfinge impunemente.
Saibam os homens que
O estigma de Eva não se aplica a quem
Nasceu para ser Maria.
Por isso, na busca pela felicidade,
É importantíssimo compreender
A sutil diferença entre o côncavo e o convexo
Quando se propõe a falar de sexo.
No riso de Sara
Entre o verso e o anverso
Leia-se o inverso.
O pragmatismo masculino não serve
De álibi para quem não lê entrelinhas.
O ser feminino, ainda que tenro e franzino
Carrega em si força e bravura
Sem abrir mão da ternura.
Cabe a nós, homens, compreender
Que em cada mulher a mão de Deus talhou
O que há de melhor.
Tantos milênios se passaram desde a criação

Que é difícil imaginar como seria a vida sem perfeição.




Poema escrito e apresentado por mim em 2012.
https://www.youtube.com/watch?v=6xvs9AJlGcw

Nenhum comentário:

Postar um comentário