Quem sou eu

Minha foto
Aparecida de Goiânia, Goiás, Brazil
Escritor, poeta, membro da ACADEMIA APARECIDENSE DE LETRAS e UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES EM GOIÁS.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

POESIA EM NOITE DE LUA OUTONAL







Nesta noite de lua outonal
Consultei meus oráculos
E decidi decidir
Sem medo de agir mal.
Temeridade temer
Quando os sonhos faz tremer.
Sou um poeta de paradoxos
Amo sentir meus pés cravados no chão
Como raízes de um carvalho centenário
Assim como amo minha alma alada
Que faz no Olimpo sua ocasional pousada.
Na poesia sou ave de arribação
Voo livre a procura de verão
Ninho de carinho nos braços da amada.

Se os sonhos não fossem tão caros
Minha sorte seria passaporte.
Certo estou que meu oásis existe
E, não obstante a realidade, ele subsiste.

Nestas noites de outono
Confidencio-me com a lua
E conto-lhe meus segredos
Sem medo do degredo.

Por isso a decisão de decidir
Despido do medo de errar.
Na dúvida entre ficar ou partir
Decido metamorfosear.

Nenhum comentário:

Postar um comentário