Quem sou eu

Minha foto
Aparecida de Goiânia, Goiás, Brazil
Escritor, poeta, membro da ACADEMIA APARECIDENSE DE LETRAS e UNIÃO BRASILEIRA DE ESCRITORES EM GOIÁS.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

DIALÉTICA DOS SENTIMENTOS


Na dialética dos sentimentos
Pergunto, em pensamento, ao seu coração:
O que nos une?

Quanto a mim,
Entendo que quando meus olhos
Lampejam encantamentos
Ao contemplarem a
esfuziante beleza
seu sorriso,
O que é isso senão poesia?

Quando a distância nos desencontra
E deixa meus olhos longe do
s seus
E faz arder no peito o enigma da saudade,
O que é isso senão poesia?

Quando meu corpo pede seu corpo
E as lembranças me queimam
Como achas crepitantes,
Fazendo-me perder o juízo
Em versos inquietantes,
O que é isso senão poesia?

Mas também,
Quando nossas mãos se tocam e passeiam recíprocas
Numa entrega sem receios
Pele reconhecendo pele
Cheiro se juntando a cheiro
Fusão perfeita de desejos
Em sinfonia de acordes plurais,
O que é isso senão poesia?

Qualquer seja a conjuntura
Seja na mesma cama
Ou juntos até nas lonjuras,
Compartilhando encantamentos
E deliciosas loucuras,
O que é isso senão poesia?

É a poesia que nos une 
Porque é lâmpada que acende o
Brilho dos meus olhos
Com o brilho dos
olhos seus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário